4 pontos importantes para escolher um bom software para sua empresa

Free Homem Sentado Na Frente Do Computador Stock Photo

Muitas empresas investem em software para ajudar a gerenciar seu trabalho, mas não devem comprar nada disponível no mercado só porque é popular. Eles teriam desperdiçado seu dinheiro em uma solução que não é útil para seus negócios, se se rendessem ao hype em torno dela. Conhecer bem a si mesmo e seus processos e entender como a tecnologia se encaixará em suas práticas atuais são mais importantes do que apenas a implementação.

Como escolher um software para o seu negócio? Bem, isso depende das suas necessidades e das necessidades do seu negócio. Lembre-se, a solução perfeita para uma empresa pode não ser o que outra empresa está procurando. Aqui estão algumas dicas:

Embora a aquisição de software para auxiliar a gestão seja uma prioridade para muitas empresas, as organizações não devem sucumbir ao hype de nenhuma solução disponível no mercado, ou então terão grandes prejuízos ao investir em sistemas complexos de gestão que pouco contribuem para o negócio. Portanto, além de focar na implementação, as empresas também devem focar em se conhecer muito bem, buscando entender quais são suas reais necessidades, e entender ao máximo como as tecnologias fornecidas irão interagir com os processos existentes na prática. companhia… Nesse caso, é interessante perceber plenamente que a solução perfeita para uma empresa pode não ser a melhor para outra.

Mas como exatamente você escolhe o software para o seu negócio? Confira nossas dicas:

1# Preparação

Como não é possível, é fundamental planejar a compra do software, seja ele qual for. Agora é a hora de identificar antecipadamente as necessidades, metas e prioridades da empresa, o trabalho que deve ser feito antes mesmo de procurar um novo sistema. O envolvimento dos funcionários também é importante nesta fase, pois eles são os principais usuários e também terão a maior responsabilidade pela implementação. Portanto, eles devem participar em particular, divulgando sua necessidade de escolhas do sistema. Uma das formas de melhor considerar as opções disponíveis no mercado é comparar soluções por meio de critérios definidos pela gestão. Portanto, você pode escolher o software de rede ou instalá-lo na máquina, por exemplo, definir restrições de usuário e requisitos de atualização.

Vale insistir que a autorização da definição de uma ferramenta deve ser feita com o apoio de áreas e profissionais relevantes. Com essa representação, a chance de erro é significativamente reduzida, exceto que o processo de implementação técnica pode sofrer a menor resistência, pois é apoiado e aceito pela equipe.

2# Personalização

Embora seja incluída no planejamento uma análise das possibilidades de customização, dada a relevância do tema, recomenda-se abordar o tema em um tópico específico. Primeiro, as organizações devem entender as limitações do software quanto à personalização. Por exemplo, dependendo das especificidades de um determinado departamento, pode não ser possível implementar as mudanças necessárias na ferramenta em tempo hábil. Ou, em outro caso, mesmo que sejam razoáveis, acabam onerando muito o custo de adaptação. Portanto, é importante que uma empresa entenda a flexibilidade do software que pretende adquirir, pois este pode não ser o único sistema que uma organização terá ao longo de sua existência. Por exemplo, o ERP deve ser fácil de integrar se for implementado posteriormente.

Vector cartoon illustration of 5 Rating Stars by NICKVECTOR on Dribbble

3# Indicação

Por tudo isso e muito mais, antes de efetivamente assinar o contrato, um boa alternativa para tranquilizar a administração quanto à escolha feita é entrar em contato com empresas que já fazem uso do sistema, dando preferência a empresas que possuem o mesmo porte e que atuam no mesmo mercado.

Tomar ciência de quais foram as experiências desses usuários no processo de implantação, se suas necessidades foram satisfatoriamente atendidas, quais foram as dificuldades de configuração e assim por diante são informações extremamente importantes para pesar prós e contras e tomar uma decisão com mais embasamento.

4# Demonstração

Por fim, fazer um teste prévio da ferramenta pode tornar a tarefa de escolher um software bem mais simples. E isso costuma se provar tão válido que são muitas as empresas desenvolvedoras de sistemas que oferecem um período de avaliação para a degustação do produto, época em a empresa cliente deve aproveitar para sanar dúvidas e identificar se todas as suas demandas são realmente atendidas pela ferramenta.

Viu como nem é tão complexo assim? E sua empresa, por acaso faz uso de algum software? Como foi o processo de escolha?

Aproveite e conheça o EN-SPACE nosso workspace que vai te ajudar com uma gestão centralizada. Tudo em um só lugar…

Peça uma demonstração gratuita agora mesmo.

 

 

Selecione o departamento no qual deseja falar:

Comercial

Vendas